Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

folhasdeluar

folhasdeluar

Momentos...

Uma sombra fende-se em mil corpos Abre-se como uma rua... Espreito e pico-me nas lantejoulas da lua...   É sempre o mesmo luar a transitar de esquina em esquina É sempre a mesma tumba a (...)

Como eu...

As folhas de um ocre alaranjado pintavam o chão As árvores desfolhadas brilhavam de encontro ao céu Tudo o mais era um vazio...só lá faltava eu...

Inundação

Olho a rua onde nada acontece. Sei que há tanto destino a escoar-se pela agonia da noite. Por detrás das minhas vidraças, estou eu, muito para além de mim. Nas minhas costas, um sufocante (...)

A falta de tempo...

Olhamos para o tempo não como algo de que podemos usufruir, mas como um “coisa”, assim, perdemos tempo, gastamos tempo, desperdiçamos tempo, ganhamos tempo,no entanto o tempo não existe (...)

Ave fugitiva

Tombei como uma ave fugitiva Deitado no profundo tempo adormeci Nem me lembrei que há tantas mãos lá fora...no destino A arranhar as comissuras das árvores A morder o sopro das fogueiras A (...)

Às vezes,

Às vezes, basta-nos uma palavra, mesmo vinda de longe, para que toda a nossa angústia se dissolva  e se  transforme numa transparente e encantada alegria.