Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

Tu e eu

Tu e eu..serenos...sentados em breves linhas do espaço

Planando como vozes que não escutam os cânticos naufragados da noite

Na névoa escondemos as mãos

Aquelas mãos que o tempo reduziu a breves silêncios

Aquelas mãos que colheram as pétalas sulfurosas das cidades

E as guardaram em seculares arcas feitas de sombras

 

Tu e eu...que planamos nas asas das gaivotas

Como se bebêssemos as conspirações secretas das tardes

E absorvêssemos no nosso corpo o tumulto raso das águas

E nos fechássemos na espessa muralha do destino

Que nos juntou...

11 comentários

Comentar post