Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

folhasdeluar

folhasdeluar

Tudo é sombra...

images.jpg

(foto Brassai)

Relembro no teu olhar o infinito..eras o rumor de tanta coisa que existia

Eu era o sol desperto onde teu o mar entrava...eu abria as asas e era feliz

Tu rias de todas as maneiras que não sabias...eras a iluminação profunda

A vida reunia-se em ti...e vestia-se de todas as cores que aconteciam no crepúsculo

Havia qualquer coisa de eterno..como se uma divindade nos acolhesse nos braços

Hoje abro a janela e vejo deslizar o horizonte...mas já não sinto o teu bater de asas

Hoje vejo as sombras do que fomos..

Como se acertasse contas com um passado sem sentido

Vejo a geada a evaporar-se na manhã fria...como um adeus a todas as coisas

Há ramos despidos na romãzeira onde nos sentávamos

Há ausência depois da existência

Mas há também um aceno imóvel no silêncio...um chamamento claro...

Mas no perfume árido dos caminhos onde te persigo...tudo é sombra...