Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

folhasdeluar

folhasdeluar

Uma conta simples de fazer

À Ordem dos Médicos não interessa que haja mais médicos. A Ordem quer manter o actual estado de falta de médicos. A Ordem dos Médicos diz ( e com razão) que temos um dos maiores rácios de médicos por 100 000 habitantes a nível mundial, e que portanto não faltam médicos. Ora se pensarmos bem, este é um argumento falacioso, porque não interessa o rácio de médico/habitante, o que conta é o rácio de médico/hospital. É aqui que vive o busílis da questão. Se formamos o mesmo número de médicos que sempre formámos e temos número muito maior de hospitais (privados) a consumir médicos, é lógico que segundo as leis do mercado, irão faltar médicos em algum lado. Como aos privado interessa acabar com o SNS para ficar com todo o mercado da saúde, os privados pagam um ordenado muito superior aos médicos de forma a "secar" o SNS. Aqui há três coisas a fazer: pagar melhor aos médicos do SNS, demonstrar que as balelas da Ordem dos Médicos são só para manter a sua situação de domínio da saúde fazendo com que haja falta de médicos e por fim como é óbvio, formar mais médicos, mesmo recorrendo a universidades privadas.

2 comentários

Comentar post