Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

folhasdeluar

folhasdeluar

Viçosas primaveras

 


 


 


Pela fresta das jarras assomam viçosas primaveras


nos olhos das janelas perpetuam-se aves


caem flocos de verão cansado


e os sonhos falam-me de tardias almas-gémeas


 


Na espuma inventaste um coração azul-sangue


finges ser uma penugem nocturna


que adormeceu na sombra da mão que te acaricia