Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

folhasdeluar

folhasdeluar

XXVIIII


És a flecha que derruba o tempo nu...o olhar que avança por entre a orla da noite


és a despedida onde o corpo oscila...


e qualquer gesto teu é agora uma chave que sobe os degraus dessa noite...


até que o verão morra nos nossos lábios inocentes...