Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

folhasdeluar

Poesia e cenas do dia-a-dia

folhasdeluar

Poesia e cenas do dia-a-dia

XXXIV

 


Tu que escutas cotovia que resplandece na hora do desconsolo


e tens nos olhos os cacos do mundo para colar...e na pedra os escombros da eternidade


antes que chegue a manhã..procura o sentido do tempo marinho


procura as coisas que fazem os corações desabrochar...o alvo vermelho da inocência


procura o ar que te respira... a troca de olhares sob as folhas doiradas das tílias


depois podes avançar...nada te prende...porque a folhagem respira o teu nome...